“Eu vejo em tua voz um tom de eterno, estrada oferecida a quem não tem, destino de chegada e de partida, um bilhete de acolhida para quem não tem ninguém.”