“Bem aventurado é aquele cujo discernimento o levou à sabedoria e no exercício da sabedoria à luz da fé em toda sua plenitude libertando-o dos grilhões de um porvir obscuro e temível.”