“Não há crianças ilegítimas – só pais ilegítimos.”