“Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor…”